Versão OriginalMenu
DA REDAÇÃO | 12 de Outubro de 2017 09h00

Oferecer um livro para uma criança a leva para um mundo mágico de histórias

Há 20 anos, dar um livro de presente de aniversário ou no Dia das Crianças seria a melhor forma de ver uma criança desapontada. Hoje, entretanto, isso mudou. Confiantes na missão de estimular o público infantojuvenil à leitura, as editoras vêm investindo pesadamente nesse ‘universo’. E o resultado de apostar em escritores e ilustradores de alto nível, caprichar no acabamento e buscar entender as necessidades desse público pequeno na altura, mas exigente na postura, não poderia ser melhor.

O livro pode sim ser um presente mágico e maravilhoso. Ele estimula a imaginação, prende a atenção e faz com que o gosto pela leitura seja algo natural desde os primeiros anos de vida. Se ainda tem dúvida sobre o poder do mundo das letras, a coordenadora pedagógica Tânia Medeiros estimula pais a fazerem um teste: “Além do brinquedo, combine com seu filho a ida até uma livraria para que juntos possam escolher um livro. Diga que vocês lerão juntos e que terá um momento no dia ou na semana que será apenas de vocês darem asas à imaginação”, orienta a pedagoga.

Após a leitura, Medeiros sugere que pais proponham uma atividade lúdica a seus filhos, para tornar o momento ainda mais especial. “Vale fazer uma ilustração, uma encenação ou o que vier em mente. Isso faz com que o encantamento pelos livros seja ainda maior”, diz a especialista.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaSistema de Notícias e Software para Jornalismo